Quem somos

Este slideshow necessita de JavaScript.

  • Uma escola de ensino espontâneo onde todos são alunos e professores ao mesmo tempo. Cada um ensina o que sabe, e escolhe o que quer aprender, da forma que achar conveniente. Este conceito é o que chamamos de Cidade-Escola.
  • Este modelo inclui um conglomerado de empresinhas do bem. Produtos artesanais. Na pratica as empresas são uma forma de dar as crianças a noção de construção,empreendedorismo e parcerias. As empresas tomam o rumo que as crianças entendem como adequado. Eventuais lucros voltam ao coletivo.
  • Para as manifestações artísticas formamos uma banda-platéia que faz ensaio-shows, ao estilo jam session só que mais unida em seus objetivos construtivos. Seu nome é ” O Circo “. Não tem numero fixo de participantes. Os encontros são com numero variável de participantes,  em lugares e situações que o dia proporciona. Preferimos ter como plateia os cães.
  • Somos adeptos as ações sociais e ao voluntariado, estamos  visceralmente associados ao Jovens sem fronteiras da Hebraica.
  • Para financiar nossas atividades de voluntariado, vendemos produtos de nossos start-ups. Compramos violões para compartilhar, investindo no futuro de crianças que não tem condições de comprar um instrumento. Tambem estimulamos a sua autonomia.
  • Somos  adeptos a  atividades físicas  e a consciência corporal.
  • Estudar é chato
  • Prefirimos o pulo-do-gato.
  • Somos uma cidade-escola
  • Na verdade deixando as formalidades de lado somos um bando de porcos desgraçados.

 

Anúncios

shutterstock_6012922

Macarena

Bastão para educação postural

Firmando parcerias

 

Profissionalizando os clubes, com a participação de maiores de idade. Queremos montar um conglomerado empresarial que atuará no bairro do Grajaú. Precisa de muita responsa para construir uma cidade. Para os menores continua esquema clubinho, só divertimento e aprendizado. Mas em nossas empresas, as opiniões das crianças, guardadas as devidas proporções são levadas tão ou mais a sério que a dos adultos. Sem elas jamais teria conseguido entrar nessa fase de profissionalização. Meus alunos são muito construtivos, criativos e ponta-firme. São a estrutura de um mundo melhor 🥔💕 #potatodazzlingjewels #coisinhasdagema

Oficina no Grajaú (clube do caderno)

Jam Oficina de bijuteria

Todos deveriam pular corda

Violonaria String potato

Decoração de violões. Designer Manú

Luisa

Oficina de Bambolês no Grajaú

Horta no Grajaú

 

  • bigunha“Vai lá no seu quarto e vê os brinquedos que você não usa mais pra gente fazer doação. Alguem vai ficar feliz ”. Para mim não dá. Haha deixei no Grajaú o bambolê que eu mais amo e que mais significa para mim. Quando perguntei “qual vocês querem?” Escolheram sem pestanejar. Sabem o que é bom e merecem o melhor de mim.(Semana que vem vou deixar o violão preto querido que ganhei da Belzinha com decoração da Flora e da Clara.💕). Tem ainda “vou tentar captar recursos para a ação social na comunidade” não dá pra mim… nem “comunidade” nem “ocupação“ nomes para rotular defeitos da sociedade. Grajaú é minha casa. Quando saio de manhã pra trabalhar não digo pra minha mulher que vou “captar recursos” e nem que vou pedir alguma coisa pra alguém. Vou tentar cobrar pelo trabalho e preciso me aperfeiçoar todos os dias para que minha hora trabalho valha o suficiente para uma vida sustentável. Por isso vou por a mão na terra e plantar aqui no meu quintal com as pessoas que amo. #clubedaplantação